Anexos


Olimpíadas 2008

Qual é o exemplo?

 

            Terminaram os jogos Olímpicos de Pequim 2008. Nações de todas as partes do mundo enviaram atletas que se superaram, quebraram recordes, e acima de tudo representaram com amor seu país.

            Quem não se emocionou com a medalha de ouro de César Cielo, a primeira da historia da natação brasileira. Quem não chorou e ficou com gosto de merecia mais, sob a medalha de prata das meninas do futebol. Quem não praguejou o bronze que veio da nossa seleção pentacampeã.

            Mas o que quero nesse momento não é falar sobre o resultado brasileiro nas olimpíadas, mas sim sobre o que elas podem ter simbolizado para o nosso planeta.

            Vivemos em tempos onde uma dose de horror diária é corriqueira em nossas vidas. O desapego pela vida chegou a tal ponto que basta abrir os jornais e vermos cenas bárbaras como crianças sendo jogadas de prédios, idosos sendo espancados até a morte em assaltos, ou um jovem dizendo que rouba porque não tem mais expectativas na vida, diz ele “Pra mim ou é cadeia ou é cemitério”.

            Tempos em que a população não se sente segura, creio eu por motivos óbvios. Segundo recente pesquisa do IBOPE, 61% dos brasileiros acham que sua cidade é insegura.

            Com todo esse contexto, temos como sede das olimpíadas, que devem representar a paz e a união dos povos, um país que não tem qualquer tipo de respeito aos direitos humanos. Onde pessoas são mortas simplesmente por não concordar com a ideologia que está conduzindo o seu povo. Ideologia cá entre nós bem confusa, um misto de capitalismo com comunismo, que confunde até os mais estudiosos sobre o tema.

            Um país onde não existe liberdade de imprensa, e nem do cidadão. Para se ter uma idéia, as paginas do Google são bloqueadas por lá. As pessoas não podem falar o que pensam, aliais quem pensa diferente é tido como errado.

             Lembremos que não faltam denúncias de desrespeitos aos direitos humanos na China momentos antes das olimpíadas.

            A grande celebração do esporte, que mostra como a superação é importante para novas conquistas, acabou por acontecer em um palco onde o que vale mais é nada ver, nada ouvir e nada saber.

             Por tudo isso, o Comitê Olímpico Internacional deveria pesar mais questões antes de definir a sede dos jogos.

             Para terminar, queria dar um parabéns aos atletas que participaram das olímpiadas. Vocês conseguiram cumprir muito bem o papel dos jogos, mesmo com toda essa circunstância.



Escrito por Marc Sousa às 19h51
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Sobre mim

Crédito: Guilherme Artigas
Nome:
Marc Emmanuel Sousa

Localização:
Curitiba, Paraná, Brasil

Estudante de Jornalismo. 22 anos com o coração Atleticano. RG e CPF vocês não precisam saber.
Não acredito em destino, as pessoas tem na mão o poder de mudar suas vidas para melhor ou pior.
Sempre estou anexando coisas a minha vida, isto é mais uma. Bem Vindo!

Histórico
  10/05/2009 a 16/05/2009
  03/05/2009 a 09/05/2009
  26/04/2009 a 02/05/2009
  05/04/2009 a 11/04/2009
  29/03/2009 a 04/04/2009
  15/03/2009 a 21/03/2009
  08/03/2009 a 14/03/2009
  01/03/2009 a 07/03/2009
  08/02/2009 a 14/02/2009
  23/11/2008 a 29/11/2008
  26/10/2008 a 01/11/2008
  28/09/2008 a 04/10/2008
  21/09/2008 a 27/09/2008
  07/09/2008 a 13/09/2008
  31/08/2008 a 06/09/2008
  10/08/2008 a 16/08/2008
  13/07/2008 a 19/07/2008
  06/07/2008 a 12/07/2008
  29/06/2008 a 05/07/2008
  15/06/2008 a 21/06/2008
  11/05/2008 a 17/05/2008
  20/04/2008 a 26/04/2008
  30/03/2008 a 05/04/2008
  16/03/2008 a 22/03/2008
  09/03/2008 a 15/03/2008
  03/02/2008 a 09/02/2008
  27/01/2008 a 02/02/2008
  07/01/2007 a 13/01/2007
  24/12/2006 a 30/12/2006
  10/12/2006 a 16/12/2006
  03/12/2006 a 09/12/2006
  26/11/2006 a 02/12/2006


Vale a pena conferir esses blogs

  Osni Gomes
  Cinema na Foto (Por Guilherme Artigas)
  Fábio Campana
  Zé Beto
  Sotaque Leite Quente (Por: Leonidas Dias)
  Sala VIP (Por Rodrigo Pucci "Digão")
  Cozinha do Nosense (Por: Michael Genofre)
  O Cara a Tapa (Por Caio Alencar)
  Relatos do Cotidiano (Por João Brotto)
  Café com Dudu (Por: Eduardo Siqueira)
  Palavras e Coisas (Por: Adriana Amaral)
  Broadcast (Por: Maurício Grabowski)
  Tuiuti Vê Curitiba
  Shereklandia (Por Jonivan Oliveira)
  Boca Maldita
Votação
  Dê uma nota para meu blog